segunda-feira, junho 27, 2022
Início.NotíciaMédico vai correr 100 quilômetros na esteira por um mundo 100 Diabetes

Médico vai correr 100 quilômetros na esteira por um mundo 100 Diabetes

 

Alberto David descobriu que tinha diabetes aos 5 anos, e hoje é triatleta amador

Ele podia estar comemorando a formatura em Medicina com seus amigos da Universidade de Santo Amaro, pois se formaram esta semana. Mas não, Alberto David, 26 anos, tem outra prioridade: divulgar a causa do diabetes, ressaltando a importância da atividade física, e correndo 100 quilômetros na esteira, durante cerca de 11 horas, para arrecadar R$ 100 mil neste sábado (4). Este é o Movimento 100 Diabetes, criado por ele em janeiro, para marcar o centenário da primeira aplicação com sucesso da insulina, celebrado exatamente em 4 de junho.

“É a luta contra o sedentarismo para mudar a saúde por meio da atividade física”, destaca o profissional. As doações serão 100% destinadas para o Instituto Correndo pelo Diabetes e para o Ambulatório de Diabetes da UNIFESP, que podem ser feitas na Catarse, no site: Movimento 100 Diabetes (catarse.me)

Alberto foi diagnosticado com diabete Tipo 1 aos 5 anos. “Meus pais, médicos, sem ter certeza do porquê uma criança de 5 anos fazia xixi na cama, resolveram fazer uma bateria de exames, e o resultado foi diabetes”, lembra.

Essa será a primeira vez que Alberto vai correr 100km direto na esteira. Seu recorde é de 60 km. Para aguentar firme no Movimento 100Diabetes, ele vem se preparando desde janeiro, quando idealizou a ação. “Tenho seguido uma rotina alimentar extremamente calculada, com acompanhamento médico diário. Há uma equipe multidisciplinar lutando por este sonho. Além disto, tem toda a parte mental do desafio: serão 11 horas na esteira, correndo. Mas estou correndo por um sonho: mudar a saúde das pessoas com diabetes no Brasil – e quem sabe um dia, no mundo”, argumenta.

O desafio vai começar às 8h na Care Club Itaim, na zona sul de São Paulo. Ele será acompanhado por uma equipe multidisciplinar formada pelo endocrinologista Ricardo Rienzo, os médicos do esporte Gustavo Magliocca e Rafaella Sinisgalli; o treinador Thiago Parra, a nutricionista Yana Glaser e os fisioterapeutas Natália Febrini, Bianca Professiori e Thiago Kawamura. Durante a corrida, serão feitos alguns exames de sangue, controle glicêmico, medida de lactato e corpos cetônicos e avaliação de hidratação. E quem quiser acompanhar Alberto no local, as portas da Care Club estarão abertas.

Além da Care Club, a FILA apoia o Movimento 100Diabetes. A marca esportiva criou a campanha “Compre & Doe”. Durante todo o mês de junho, 5% do valor de cada produto da Linha Running (calçados, vestuário e acessórios) vendidos exclusivamente no site da marca também será revertido para o Movimento 100 Diabetes.

 

https://www.osul.com.br/

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES