domingo, maio 26, 2024
Início.NotíciaAparecida de Goiânia entrega sensores para controlar diabetes infantil

Aparecida de Goiânia entrega sensores para controlar diabetes infantil

Programa Viver + Feliz melhora o controle da diabetes infantil em pacientes dos 4 aos 14 anos com mais conforto em Aparecida de Goiânia

O município de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital goiana, lançou nesta quinta-feira (27/10), o Programa Viver + Feliz de controle da diabetes infantil para usuários de 4 a 14 anos de idade. Ao longo do dia, em duas etapas, 51 crianças foram beneficiadas.

De acordo com a administração municipal de Aparecida de Goiânia, a iniciativa consiste no fornecimento de um sensor aplicado na parte posterior superior do braço que mede de forma contínua as leituras da glicose e armazena os dados. O dispositivo causa menos incômodo às crianças porque evita as constantes picadas nos dedos com lancetas para aferição da glicemia, além de reduzir internações e propiciar melhor qualidade de vida e um monitoramento mais eficaz da doença.

Segundo o secretário de Saúde Alessandro Magalhães, crianças e adolescentes com diabetes tipo 1 precisam fazer várias medições glicêmicas por dia para controle da doença e ajustes da insulina, da dieta e das atividades do paciente. “Muitos precisam colher a gotinha de sangue para pingar na fita reagente de 4 a 6 vezes por dia, o que gera desconforto e dor. Então vamos fornecer este dispositivo para que essas crianças possam sofrer menos, ter a diabetes melhor controlada e ainda poderem brincar, nadar, tomar banho e praticar exercícios físicos com o sensor, ou seja, levar uma vida mais ativa e feliz”, aponta Alessandro.

Menos internações com aparelho de uso simplificado

“Imagine uma criança de 4 anos tendo que furar o dedo 4 vezes por dia, é um sofrimento. Já com essa nova tecnologia ela vai receber uma plaquinha, um adesivo no braço, e ali serão feitas as medições. Além disso, através dessa ferramenta acompanharemos a medição diária pelo aplicativo que o produto disponibiliza para a secretaria. E mais: por determinação do prefeito Vilmar Mariano vamos adequar a Central de Telemedicina para monitorar essas crianças”, acrescenta o secretário.

Alessandro Magalhães ainda frisa que o programa Viver + Feliz “certamente vai reduzir as internações de crianças com diabetes dentro do município. No ano passado, tivemos 292 internações do tipo que é possível evitar acompanhando, monitorando e dando um atendimento aprimorado para essas crianças. Para inserir alguém no Programa o responsável pela criança, se já tem a indicação de um endocrinologista para o aparelho, deve procurar a Farmácia Distrital levando documentos pessoais, comprovante de endereço de Aparecida, receita médica e relatório. Caso não tenha, deve ir até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para avaliação e encaminhamento para um endocrinologista, vai agendar e esse profissional vai avaliar qual é o melhor caminho para essa criança, se é indicado ou não o dispositivo, e aí vamos disponibilizar.”

Quem pode participar

O programa abrange pessoas de 4 a 14 anos de idade com diabetes tipo 1 que serão orientadas a montar um processo de acordo com os protocolos do município para recebimento de dois dispositivos a cada 28 dias. Depois, já inserida no programa, a criança ou adolescente passa a receber acompanhamento trimestral no CEM com médicos endocrinologistas.

Todas as crianças que receberam o aparelho passaram por triagem, os pais ou responsáveis responderam um questionário detalhado de monitoramento e na hora da colocação do dispositivo os profissionais tiraram dúvidas das famílias e explicaram como usar o equipamento.

 

https://www.metropoles.com/

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES